Conexsul 2021 debate inovação, relacionamento, marketing e produtividade

“É preciso aprender a desaprender para voltar a aprender”.

Com a frase do economista e futurólogo americano, Alvin Toffler, iniciou o Congresso das Associações Empresariais do Extremo Sul (Conexsul) on-line, promovido pela CIC na terça-feira, 10 de agosto.

Na ocasião, o vice-presidente de Serviços da CIC, César Ongaratto, falando em nome do presidente, Tobias Debiasi, destacou que o Conexsul possibilita a troca de experiências para a evolução de conhecimentos e a construção de novas soluções.

“Precisamos avançar e avançar a passos largos para que as instituições possam oferecer melhores serviços às empresas associadas”, enfatizou.

Para o diretor executivo da entidade, Luiz Carrer, o evento, que já teve quatro edições presenciais, retornou no formato on-line em um momento em que as entidades são chamadas a participar das decisões que envolvem os diferentes temas da comunidade em que estão situadas.

Além de palestras de César Ongaratto, com o tema “Importância dos Departamentos Jurídicos”, da Doutora em Administração, Daniela Gasperin, falando sobre “Inovação, Produtividade e Relacionamento com Associado” e do especialista em Marketing Digital, Evandro Carter, sobre “Estratégias para alavancar as associações empresariais”, o Conexsul permitiu o debate das rotinas comuns e oportunizou a troca de experiências, bem como buscar novas forma de sustentabilidade e projetos inovadores.

Além de associados da CIC, representantes de entidades de vários estados participaram do evento. Além do ciclo de palestras, o evento contou com a participação de Gilmar Barboza, especialista em Desenvolvimento de Políticas Públicas de Interesse Empresarial, que apresentou uma seleção das melhores práticas de entidades empresariais do país.

Como instrutor do projeto Transformar, desenvolvido pelo Sebrae e Confederação das Associações Comerciais e Empresariais (CACB), Barboza citou dezenas de instituições que são destaques nas áreas de estímulo de atividade empreendedora, ambiente de negócios, produtos, serviços e benefícios, acesso a mercados, estratégias de comunicação, sustentabilidade e gestão, entre outras.

Entre 30 entidades paulistas, matogrossenses, catarinenses, paranaenses, mineiras e gaúchas, ele destacou a CIC Garibaldi por seu caráter multifacetado com inúmeras competências, que oferece às empresas associadas uma lista completa de produtos, serviços e ações.

Baixe os cases apresentados no Conexsul 2021

CIC Garibaldi

CIC Gravataí

ACIST São Leopoldo

Gilmar Barboza – Seleção das melhores práticas de entidades empresariais do país