Garibaldi, 19 de Setembro de 2018
Min 12º
Máx 24º
Garibaldi - RS

BALANÇO ECONÔMICO 2017

Balanço Econômico 2017

O número de empresas em Garibaldi teve um crescimento de 5,95% em 2016 em relação ao ano anterior. O aumento foi impulsionado pelo setor de Serviços, que passou de 2.096 empreendimentos para 2.276. Já o setor de Comércio manteve-se estável com 875 estabelecimentos no ano passado ante os 872 registrados em 2015. A Indústria teve alta de 4,29%, passando de 373 firmas para 389.

Veja a versão completa da 18ª edição do Balanço Econômico

Os dados integram a 18ª edição do Balanço Econômico, divulgados na manhã de terça-feira, 24 de outubro, durante café da manhã na CIC. A publicação, que apresenta os dados de 2016, é uma realização da CIC, com apoio da Prefeitura de Garibaldi e Universidade de Caxias do Sul. A pesquisa, coordenada pela economista, Mônica Mattia, e pelo contabilista, Eduardo Tomedi Leites, leva em conta os critérios de receita líquida, salários e encargos, lucro operacional, impostos sobre vendas e patrimônio líquido.

Para esta edição foram pesquisadas 104 empreendimentos, de 18 segmentos, resultado de informações fornecidas pelas empresas a seus escritórios contábeis, através de questionários específicos. Juntas, as pesquisadas foram responsáveis por 5.270 empregos e, juntas, tiveram um faturamento de 1,39 bilhão de reais.

A Tramontina Garibaldi, com um índice de 18,64%, foi novamente considerada a melhor empresa de Garibaldi em 2016. De acordo com o Balanço as dez melhores são Tramontina, Madem, Frigorífico Nicolini, Cooperativa Vinícola Garibaldi, Cooperativa Agrícola Cairú, Nutrire, Aleplast, Metalúrgica Simonaggio, Metalúrgica Martinazzo e Tibre. Os índices destas empresas representa 74,01% do total pesquisado.

A presidente da CIC, Alexandra Nicolini Brufatto, destaca que os efeitos da crise econômica que vêm castigando o Brasil, há pelo menos dois anos, ainda encontram resistência entre as empresas de Garibaldi. Segundo ela, a publicação demonstra que houve reflexos nos resultados do ano passado, principalmente depois da sequência de acontecimentos que dilapidaram a economia nacional.

"Apesar de todos esses lamentáveis acontecimentos que envolvem os poderes políticos de Brasília, os números desta edição do Balanço Econômico demonstram o quão resiliente são nossos empresários. Resiliência, aliás, que vem sendo constantemente citada como mais uma das grandes qualidades de nossa gente", enfatizou.

A dirigente afirma que o poder de superação e adaptação aos novos tempos, amplia, ainda mais, a relevância do papel das instituições empresariais. "É através do associativismo que poderemos construir cenários que antecipem possíveis estratégias que possam contribuir para a sustentabilidade dos negócios e preservação da qualidade de vida".

Busca

Raio-X

Enquete

Em qual área você precisa buscar mais apoio para sua empresa?

Enquetes anteriores

Av. Perimetral, 897 Bairro Sâo José - Garibaldi - RS - Fone 54 3462 8500 - E-mail: cic@cicgaribaldi.com.br | © 2014 - CIC de Garibaldi - Todos os direitos reservados.